Conservação Auditiva

Preservar a saúde em termos de conservação auditiva deve ser uma preocupação de todos; não apenas para o trabalhador cujo risco ocupacional ruído (físico) esteja presente em seu ambiente de trabalho, como para todos nós, sobretudo no período de férias.

O ouvido humano é um exímio captor de sons, tendo uma estrutura composta por ouvido externo, médio e interno, extremamente minuciosa e apurada; a grosso modo, o tímpano funciona como uma espécie de diafragma, uma membrana que vibra em função das ondas sonoras captadas no ambiente. Essas ondas viajam pelo canal auditivo, que nada mais é que uma poderosa máquina hidráulica, composta de um intrincado conjunto de ossos imersos num fluido. E tem grande poder de amplificação, de forma que a pressão do som que alcança o ouvido interno (cóclea) é cerca de 22 vezes superior à pressão captada pelo tímpano.

Esse aparato é extremamente delicado, entretanto; portanto, qualquer exposição danosa a níveis de ruído em pressões superiores ao que nosso ouvido consegue suportar, é extremamente prejudicial.

A audição é um dos sentidos mais intrinsecamente relacionado ao desenvolvimento cognitivo, interação social e no ambiente de trabalho, e influi sobremaneira no aspecto emocional e qualidade de vida, além do desempenho profissional.

O PCA, Programa de Conservação Auditiva, está previsto de forma principal na NR 07 – PCMSO – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, mas também está previsto em outras normas e legislações atinentes à saúde e segurança do trabalho, como a ABNT NBR 10152, que estabelece procedimentos relacionados a níveis de ruído para conforto acústico, a NHO-01 Norma de Higiene Ocupacional, da FUNDACENTRO e também está previsto no Anexo I – Limites de Tolerância para Ruído Contínuo ou Intermitente da NR 15 – Atividades e Operações Insalubres.

O PCA tem por objetivo estabelecer procedimentos para evitar a perda auditiva por parte dos trabalhadores, no mais das vezes induzida por ruído (PAIR – Perda Auditiva Induzida por Ruído).

Há alguns passos orientativos para controlar o risco de ruído:

1 – Revisar métodos de trabalho – muitos riscos ocupacionais podem ser evitados mudando apenas o método de trabalho, como os turnos e a convivência, por parte dos trabalhadores, com essas máquinas.

2 – Organização do ambiente de trabalho – muitas vezes há um acúmulo de muitas máquinas extremamente ruidosas num local concentrado, ocupado por trabalhadores, quando na verdade elas poderiam ser remanejadas, redistribuídas, colaborando para o conforto acústico.

3 – Substituição por máquinas mais modernas, silenciosas – a tecnologia está à disposição para proporcionar conforto, inclusive acústico, nos ambientes de trabalho.

4 – Proteção ambiental ou coletiva – com a colocação de abafadores de ruído ou outros tipos de proteção de ruído nas máquinas ou salas que as abriguem.

5 – Proteção individual – sempre o último recurso a ser utilizado, quando o risco não pôde ser eliminado ou dirimido em níveis abaixo do limite de tolerância.

Durante as férias, devemos evitar ambientes extremamente ruidosos, mantendo uma distância segura de focos de som alto (ex. trios elétricos), tendo como parâmetro nossa própria sensibilidade. E ao menor sinal de qualquer sintoma físico em razão da exposição sonora, procurar um médico imediatamente.

Todas as segundas você irá conferir um programa especial sobre estes temas. Inscreva-se no canal para receber notificações.

Acesse meu site http://patricialins.org e confira os cursos e treinamentos disponíveis.

Siga-me nas redes sociais:

Instagram @engpatricialins

Facebook www.facebook.com/engpatricialins

Youtube www.youtube.com/c/patricialinsdepaula

Twitter @patricialinseng

Site http://patricialins.org

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s