Visão geral da explosão de baterias de íons de lítio

Criadas pela Sony em 1991, as baterias recarregáveis de íons de lítio ganharam o mundo, nas mais variadas aplicações: desde celulares e veículos elétricos até aviões e robôs da Nasa.

Este tipo de baterias possuem boa densidade de energia armazenada e interessante relação custo-benefício, contudo, “estranhamente” têm explodido com relativa facilidade. O objetivo deste artigo é, pois, discorrer brevemente sobre o tema, procurando entender por que essas baterias explodem em condições normais de operação.

Foi analisado o fenômeno das explosões das baterias utilizando imagens de Raio X de alta velocidade aliadas a imagens de radiações térmicas, e verificou-se que o superaquecimento das baterias vai formando, paulatinamente, pequenas bolsas de gás nas camadas ou compartimentos internos destas baterias (espécies de microvilosidades), bastando uma pequena fonte de calor externa – como a proveniente dos próprios circuitos eletrônicos dos celulares, por radiação térmica humana, ou outras fontes – para explodir.

Uma hipótese que também precisa ser considerada é a falha do equipamento quanto a defeitos ou danos nos finos separadores dos elementos internos da bateria. Contudo, pela extensão e multiplicidade dos eventos, é bem provável que a razão esteja além disso.

A maioria dos especialistas acredita que o problema está no eletrólito, de alta condutividade elétrica, porém que utiliza um solvente inflamável. Assim, a energia acumulada nas baterias precisa ser dissipada para uso, e quando não encontra o ” caminho elétrico” para fluxo ordenado da corrente, o faz em forma de dissipação de energia térmica.

Assim, os cientistas hoje têm se debruçado no desenvolvimento de outro solvente de alta condutividade, porém que não seja inflamável, e encontraram o PFPE – PerFluoroPoliEter. A expectativa é que nos próximos anos, então, o problema de explosão recorrente deste tipo de baterias tenha sido superado, com a vantagem do acréscimo de densidade de energia.

Até lá, há de se ter cautela, utilizando os dispositivos móveis com parcimônia e com atenção ao menor sinal de aquecimento.

Acesse meu site http://patricialins.org e confira os cursos e treinamentos disponíveis.

Siga-me nas redes sociais:

Instagram @engpatricialins

Facebook http://www.facebook.com/engpatricialins

Youtube http://www.youtube.com/c/patricialinsdepaula

Twitter @patricialinseng

Site http://patricialins.org

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s