Classes de isolação para equipamentos elétricos

A norma técnica internacional IEC 61140: Protection against electric shock — Common aspects for installation and equipment. International Electrotechnical Commission (Proteção contra choque elétrico – aspectos comuns para instalações e equipamentos) define as classes de isolamento de ferramentas e equipamentos elétricos.

Classe 0 – isolação básica + proteção supletiva (locais não condutores ou separação elétrica com um único equipamento alimentado)

Não existe condutores de proteção (PE) fazendo a conexão entre a terra e as partes metálicas do equipamento elétrico. A proteção contra choques elétricos é dada pela própria isolação do equipamento.

Esta classe de isolação implica praticamente em nível de segurança inexistente para o consumidor, pois uma simples falta pode causar um choque elétrico ou danos materiais.

Classe 1 – isolação básica + proteção supletiva (equipotencialização da proteção e/ou seccionamento automático da alimentação)

Para essa classe, a massa do equipamento elétrico deve ser conectado à terra utilizando um condutor de proteção (PE) identificado pela da cor verde (ou verde e amarela). Uma falha na isolação do dispositivo que cause um contato elétrico entre um condutor vivo e a massa do equipamento irá gerar uma corrente elétrica que irá passar através do condutor de proteção (PE). Essa corrente de falta deve passar também por um dispositivo de proteção contra sobrecarga (fusíveis ou disjuntores) ou um DR (dispositivo a corrente diferencial-residual) que irá cortar o fornecimento de energia elétrica ao dispositivo.

Classe 2 – isolação básica + proteção supletiva (isolação suplementar ou isolação reforçada – dupla isolação)

Um equipamento Classe II ou de “isolação dupla” é um dispositivo concebido para não necessitar o uso de um condutor de proteção (PE) ligado para à terra.

A exigência básica é que qualquer simples falha não cause perigosas tensões elétricas expostas nos equipamentos elétricos (as quais podem causar choques elétricos), sem a necessidade de um condutor (PE) ligado à terra.

Isso é geralmente realizado utilizado, no mínimo, duas camadas de material isolante nas partes “vivas” (energizadas) dos equipamentos elétricos, sendo também possível a utilização de isolação reforçada.

Classe 3 – limitação da tensão + separação de proteção de outros circuitos

Equipamentos contendo isolamento Classe III são dispositivos alimentados com extra-baixa tensão. A alimentação desses dispositivos é baixa o suficiente (sob condições normais de uso) que uma pessoa pode entrar em contato com uma parte “viva” de maneira segura e sem perigo de choque elétrico.

Veja o que diz o Guia_EM_da_NBR_5410 acerca deste assunto.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s