Ocorrências de subfrequência em faltas de energia

Recentemente tem sido noticiadas, com alguma frequência, faltas de energia principalmente envolvendo a Região Nordeste do País. Existem diversas razões para estes “apagões”, e vamos tentar explicar um fenômeno que ocorre como consequência do desligamento intempestivo: ocorrências de subfrequência e subtensão em faltas de energia.

O SIN, Sistema Interligado Nacional, compreende um complexo interligado de geração (sobretudo hidrotérmica) e transmissão, para atender aos diversos pontos de consumo. Algumas razões dos “apagões” se relacionam a eventos em linhas de transmissão (queimadas próximas às linhas, descargas atmosféricas, curto-circuitos), que também frequentemente estão relacionados a outros motivos, como o funcionamento indevido da proteção (problemas na coordenação e seletividade das proteções, que promovem desligamentos inesperados).

Quando ocorrem estes desligamentos intempestivos, qualquer que seja a razão, um descarte de cargas é associado (a chamada perda de carga, que é desligada do sistema elétrico durante um determinado tempo). Este descarte gera uma espécie de “desbalanço” na rede elétrica, alterando a frequência da rede (nominal para 59,9 a 60,1 Hz). Curto-circuitos no sistema elétrico geram impulsos de corrente, e estas descargas geram sobretensões temporárias, de curta duração, e também estão ligadas à perda de carga.

Nestes casos, a utilização de monitoramento de qualidade de energia e a instalação de relés digitais de proteção com oscilografia visam permitir a otimização de ajustes de proteção, uma vez que as perturbações elétricas podem ser estudadas com mais precisão e detalhe, favorecendo a correção efetiva e até mudança nos ajustes de proteção, minimizando os tempos e frequências de interrupção de energia.

É importante ressaltar ainda que a ANEEL tem procedimentos técnicos específicos que regulam certos limites nos sistemas de energia elétrica. Para o sistema de distribuição de energia elétrica, valem os Procedimentos de Distribuição de Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional – PRODIST.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s