Fasores e números complexos

Nem todas as equações são resolvidas com números reais; existe o conjunto de números complexos, que resolvem problemas como a raiz quadrada de números negativos. Para trabalhar com esta abstração, vamos apresentar o eixo real e o eixo imaginário.

Real é tudo aquilo que pode ser constatado por meios físicos, que existe e se tem uma prova material que de fato existe; por exemplo, uma mesa é um objeto real, pois tem massa e esta pode ser medida. Imaginário é tudo aquilo que não pode ser constatado, mas existe de alguma forma, nem que seja em nossa imaginação; por exemplo, a alegria existe, nós a sentimos, mas não temos instrumento algum que possa mensurá-la (ainda).

Agora imagine um número “composto” que tenha uma parcela real, que pode ser vista, detectada de forma clara, e outra parcela imaginária, que esteja oculta, escondida. Este número é chamado complexo.

Fisicamente, podemos pensar em termos de potências. Quando compramos um equipamento elétrico, e lemos na placa a informação “Potência de 300 VA”, esta é a potência aparente, ou seja,  uma soma vetorial entre a potência real do equipamento, aquela que vai ser consumida e vai gerar o consumo de energia elétrica na sua fatura de energia e a potência reativa (armazenada internamente no equipamento, na forma de campo magnético dos enrolamentos internos).

A grande diferença entre a potência aparente e a ativa é que estes 300 VA não serão integralmente gastos para alimentar o circuito do seu equipamento (as cargas), gerando um fim útil para quem irá utilizá-lo.

Desta forma, a potência  reativa vai gerar um consumo que você não virá na fatura explicitamente (consumidor residencial), pois será “sequestrada”, mas você paga por ela, porque embora seja imaginária, existe. Dá para entender?

Pois bem, um fasor é um vetor que tem significado físico e por isso, pode representar grandezas, inclusive elétricas. Ele serve para simplificar a representação de grandezas na forma gráfica. O giro do fasor (a formação de ângulos positivos se dá quando o fasor gira no sentido anti-horário) se projetado devidamente num gráfico, exibe a forma de ondada grandeza avaliada, tal como ilustrado na figura abaixo.

nen

Um comentário sobre “Fasores e números complexos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s